05/04 (08h01) - Atualizado em: 05/04 (08h01)

Municípios do Sul do Estado devem reduzir consumo de água

Para evitar que alguns municípios do Sul do Estado fiquem sem abastecimento de água, a Agespisa definiu metas para que o consumo do líquido seja reduzido na cidades. 

A partir da próxima semana, hidrômetros serão  instalados em 100% das casas e correção de vazamentos serão feitas no municípios de Pio IX, Vila Nova do Piauí, Fronteiras, Campo Grande e Vila Nova do Piauí. O objetivo é coibir o desperdício de água e evitar a necessidade de racionamento. A informação é do gerente regional da Agespisa, Sérgio Alves.

De acordo com ele, a situação nos municípios é preocupante e resulta do baixo nível de água armazenada na barragem Piaus, que tem capacidade total de abastecer 104,5 milhões de m³, mas atualmente comporta apenas 5 milhões de m³. O açude abastece cerca de 50 mil famílias que vivem em Pio IX, Vila Nova do Piauí, Fronteiras, Campo Grande e Vila Nova do Piauí. 

"Fizemos audiência pública na semana passada para tratar da questão de baixo nível da barragem e definimos metas. Caso a barragem venha secar mais ainda vamos passar por uma dificuldade muito grande de abastecimento", adianta Sérgio Alves. 

Além da escassez na barragem Piaus, passam por crise de abastecimento a barragem de Pio IX e de Barreiras do Piauí, que estão com volume morto. 

"Essa região é muito difícil para escavarmos postos tubulares . Há sete anos tentamos fazer, mas além da água ser ruim, ela não é própria para o consumo humano. O abastecimento viável é através do açude.  É uma situação preocupante", avalia o gerente regional da Agespisa. 

Com informações do cidadeverde.com

Comente com Facebook